sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Última quimera

Dorme em meu peito a dor da saudade
De luzes errantes, estradas vazias
As tormentas do corpo em estado de graça
Repousado em lembranças que outrora sentiu
Do anseio tristonho que guardo comigo
Na esperança que o tempo trouxesse guarita
Na tepidez da alma tão triste, vazia
Conduzo minha dor com graça gentil
Ardendo nos sonhos de tempos vividos
Do cavalheiro tão doce que versejava baixinho
Juras de um amor tão pueril
Nos becos da alma as lembranças ardem
Dos sonhos perdidos nos dias febris
Do tempo em que o peito
Suave arfava, nas juras de amor dos lábios juvenis
Tem pena de mim, que vivo as angustias
De tempos roubados por dores senis
Que chora no leito ao cair da aurora
Que treme os lábios
Com orações infantis
Outrora amaste os suaves beijos
Deixados por lábios no teu rosto gentil
Agora desprezas a prece que rogo
Tem pena de mim, tem pena de mim
As mãos tão mimosas que um dia tocastes
Encontram-se suaves como os mais caros cetins
Os beijos de amor que por ti foram roubados
Murcharam de dor com a cor carmesim
Se almenos soubesses da tristeza que vivo
As angustias da saudade que deixaste quando partiu
Virias correndo sepultar sua amada
Que de amores chorando partiu
A última quimera matou sua donzela
Ao céu subiu, ao céu subiu





  Poesia inspirada no poema Sonhando do livro Lira dos Vinte Anos, de Álvares de Azevedo 


5 comentários:

  1. Muito bom dia senhorita Carol..
    inspirada neste gênio que a mim tb vejo como grandioso.. vestiu muito bem a poesia de sentimentos que todos nós temos.. seja nos doces textos ou nesta poesia.. tu sempre coloca pureza e profundidade no que diz.. que possamos sempre cantar a poesia e dançar com ela, mas na alegria que ela nos proporciona.. beijos meus e até sempre

    ResponderExcluir
  2. Pura levez, suavidade e poesia <3
    Bjs e ótima semana pra você!

    ResponderExcluir
  3. Que linda poesia!! Tão suave... Amei!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que poema mais maravilhoso...
    E o jeito que colocou as gifs...
    Uau, perdi o fôlego!
    Ah, e se quiser descobrir o que é badcat, calica aqui ó: http://www.badcat.com.br/

    http://passaro-de-inverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir